Blog


QUARTO MONTESSORIANO

Quando se trata de quartos de bebês, imaginação e criatividade não podem faltar. São tantos temas e cores que podemos usar!

Hoje em dia temos uma tendência de quartos que se chama Montessoriano. Essa técnica, na verdade, vem para apoiar um estilo de educação criado pela educadora Maria Montessori, por volta de 1907.

Mas, afinal, o que é esse tal de monte… o que?

Esse modelo de educação se baseia na preparação para que criança desenvolva, desde cedo, a sua autonomia. Para que explore o espaço à sua volta. Por isso o quarto dessa criança é tão importante, afinal, grande parte desse desenvolvimento acontece no quartinho deles, e a nossa função é gerar um ambiente que estimule a liberdade e curiosidade, sempre cuidando da segurança que eles tanto precisam e da estética.

O primeiro ponto para um quarto Montessoriano são os mobiliários baixos.

Neste conceito de educação, o mobiliário baixo proporciona independência para os pequenos. Acredita-se que o berço, por exemplo, restringe e não estimula a autonomia da criança, fazendo com que sempre dependam de adultos para conseguir alcançar brinquedos, acessar a cama, entre outras tarefas.

As estantes de brinquedos e roupeiros também devem ser de um tamanho que possibilite o acesso fácil para a criança, possibilitando que ela consiga pegar tudo o que for necessário com autonomia e guardá-los.

Há também alguns itens muito importantes na decoração que possibilita estimular experiências sensoriais no quarto montessoriano. Um deles é o espelho na altura da criança, que serve para que elas se reconheçam como indivíduos, o que auxilia ainda mais no desenvolvimento da autonomia. Pode ser acrescentado junto ao espelho, uma barra de apoio para facilitar que a criança fique em pé se olhando.

O mais interessante do quarto montessoriano é que suas decorações devem ser trocadas conforme o crescimento dos pequenos para que sua evolução seja contínua e repleta de novas descobertas.

Enfim, os quartinhos montessorianos carregam uma infinidade de possibilidades e experiências para os pequenos, fora que ainda fica de derreter nossos corações, não é mesmo?

Beijos,

Drömmas